Transplante de Pâncreas

Acompanhe o TP

Artigos

Transplante de Pâncreas - suas caracteristicas e recuperação

Data de Publicação: 25/06/2014

Fonte: Tua Saúde   

O transplante de pâncreas está indicado para diabéticos tipo 1 que já apresentam complicações graves, como insuficiência renal, em que os rins já não são capazes de filtrar os resíduos do sangue, sendo feito geralmente ao mesmo tempo que o transplante de rim ou após o transplante renal.

No entanto, também é possível o indivíduo fazer transplante de pâncreas isolado, sem transplante de outros órgãos, quando as crises de hipoglicemia colocam a sua vida em risco.

O transplante de pâncreas pode curar a diabetes tipo 1, pois o pâncreas transplantado produz insulina normalmente, o que não acontece no caso da diabetes tipo 1, e o indivíduo já não necessita de tomar as injeções de insulina.

Após o transplante de pâncreas, o indivíduo necessita ficar hospitalizado durante 2 a 3 semanas para prevenir possíveis complicações do transplante, como infecção, hemorragia e rejeição do pâncreas.

Pelo risco de rejeição do pâncreas, o indivíduo deve tomar imunossupressores logo após o transplante para que o organismo não veja o novo pâncreas como uma ameaça e tente rejeitá-lo. Além disso, é necessário que o indivíduo tome estes medicamentos durante toda a vida para nunca correr esse risco, que pode ser fatal.

Estes medicamentos contêm efeitos colaterais quase imediatos, como enjoos, mal-estar geral e aumento do risco de infecções, podendo predispor o organismo ao aparecimento de câncer no futuro, pelo que o transplante de pâncreas só é feito nestes casos.

O transplante de pâncreas para câncer não é comum, porém quando o câncer de pâncreas afeta outros órgãos vitais, como o coração ou o fígado, por exemplo, o médico pode decidir transplantar um desses órgãos.

Recuperação do transplante de pâncreas

A recuperação do transplante de pâncreas geralmente é lenta, pois o indivíduo deve ficar no mínimo 3 meses sem trabalhar, só podendo regressar às suas atividades normais após este período, normalmente.

Nos primeiros 3 meses após o transplante, o indivíduo também não deve levantar pesos, como sacos de compras, por exemplo, ou fazer exercícios físicos. A liberação para fazer exercícios físicos deve ser feita pelo cirurgião que realizou o transplante.

Veja mais

Artigos

im  Transplante de Rim Intervivos com Doação Renal Pareada
im O Médico Transplantador
im Não Desista!!!
im Transplante de Rim Intervivos com Doação Renal Pareada
im Equipe HEPATO Reduz Tempo na Fila de Espera para Transplante de Pâncreas-Rim