Transplante de Pâncreas

Acompanhe o TP

Artigos

Equipe HEPATO Reduz Tempo na Fila de Espera para Transplante de Pâncreas-Rim

Data de Publicação: 30/01/2016

Fonte: Transplante de Pâncreas   
Autor: Dr. Marcelo Perosa

É bem sabido de todos que frequentam este grupo(1) que o tempo de espera para transplantes duplos de pâncreas-rim, em São Paulo, gira em torno de 3 anos e tem sido motivo maior de preocupação de nossa equipe, visto que 40% dos pacientes nesta fila não conseguirão chegar ao transplante.

Estes números têm motivado nosso grupo a, sempre que possível, oferecer o transplante renal inicialmente a estes diabéticos (particularmente se há doador vivo disponível) e, num segundo momento, o transplante de pâncreas após rim. Com esta estratégia, quase todos os pacientes têm alcançado os dois transplantes, minimizando a mortalidade em fila de espera; num prazo de 6 a 12 meses, os pacientes conseguem passar pelos dois transplantes, ganhando bastante tempo comparado à fila de pâncreas-rim.

Verificamos também, no último ano, que, mesmo com uma fila pequena de pacientes, cerca de 15 ou 20 em espera, nossa equipe consegue efetivar o mesmo número de transplantes de pâncreas por ano que outros Serviços com filas muito maiores, de 70 a 250 pacientes. Este fato ficou bem esclarecido no artigo de “Maior efetivação de Transplantes de Pâncreas pela HEPATO “ já descrito neste grupo.

Esta maior efetivação de transplantes dá-se por vários quesitos como disponibilidade 24hs/dia, 7 dias/semana aos transplantes, despreendimento para captar órgãos mesmo em regiões remotas do país, critério mais liberal para aceitar doadores,etc. Neste último fator, temos como norma somente recusar um órgão após vermos sua macroscopia. Os especialistas em transplantes de pâncreas sabem muito bem que, se o órgão for de bom aspecto, saudável, mesmo que o doador apresente algum exame alterado como glicemia, amilase, creatinina, este órgão funcionará perfeitamente.

Baseado nestes fatos, concluímos levantamento recente de nossos transplantes duplos de pâncreas-rim para averiguar se nesta modalidade de transplantes, em nossa equipe, com esta filosofia de trabalho, o tempo de espera na lista de nossos pacientes seria como a média do estado de SP, de cerca de 3 anos ou 36 meses.

Após levantarmos nossos últimos 15 transplantes duplos de pâncreas-rim, constatamos que a média de tempo de espera, em nossa equipe, para transplantes de pâncreas-rim foi de 20 meses, praticamente um ano e meio e aproximadamente metade do tempo médio de espera do estado.

Assim, mesmo São Paulo tendo uma fila grande e com longo tempo de espera para transplantes de pâncreas-rim, esta maior disponibilidade e método de trabalho da HEPATO tem conseguido abreviar a espera de nossos pacientes, sem comprometer resultados e com certeza reduzindo mortalidade em fila.

Para exemplificar, hoje acabamos de realizar o transplante duplo de uma paciente que se encontrava em posição 111, pois era nossa primeira paciente na fila de SP para duplo e todas as equipes que nos precederam haviam recusado o doador.

O transplante foi um sucesso !!

- Dr. Marcelo Perosa de Miranda

 

Dr. Marcelo Perosa
Dr. Marcelo Perosa em cirurgia

 

(1)-Grupo Transplante de Pâncreas e Pancreas/Rim / Facebook

 

 

Veja mais

Artigos

im  Transplante de Rim Intervivos com Doação Renal Pareada
im O Médico Transplantador
im Não Desista!!!
im Transplante de Rim Intervivos com Doação Renal Pareada
im Você sabia que os anti-inflamatórios podem prejudicar os seus rins?